Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Olhar o Horizonte...

Olhar o Horizonte...

Diferença entre médicos veterinários


Olhar o Horizonte...

17.07.18

Fui ontem com o meu gato ao veterinário, para confirmar se a otite tinha passado, após eu lhe ter dado as gotas que este receitou. Felizmente ele está curado.

Foi a segunda vez que fui a este médico veterinário, pois onde habitualmente ia, a médica nunca atendia o telemóvel, e temos de ligar sempre a marcar porque pode não se encontrar na clínica.

A diferença entre ambos é muito substancial, isto no que diz respeito à forma como abordaram o meu gato, sendo que a clínica do médico tem muito mais condições também.

 

Mas voltando à parte da abordagem ao animal, o médico quando deu, no mês passado, a vacina ao meu gato, e tal e qual como ontem, primeiro fez-lhe festas, mimou-o um bocadinho, e depois fez o que tinha a fazer; já a médica, não teve esta abordagem, não querendo com isto dizer que ela não seja tão qualificada ou profissional como ele; mas o médico parece "amar" mais a profissão que tem.

 

O meu gato fica sempre com medo quando lá vai, uma vez que há sempre imensos cães na sala, que por vezes ladram uns para os outros, e o meu gato fica com medo de sair da caixa de transporte quando já está na sala para ser atendido pelo médico veterinário. 

 

Na primeira ida nesta clínica, ele retirou o gato com cuidado, deixou-o estar um pouco no seu colo, fez-lhe festas, e depois então deu a vacina. Ontem fui eu que o tirei da caixa de transporte, tentei acalmá-lo, e depois o médico pegou nele, e fez-lhe festas, e só depois viu as orelhas. A médica nunca teve tal atitude. São duas abordagens/atitudes totalmente divergentes.

 

Eu acho esta profissão maravilhosa, já que adoro animais; se bem que me licenciei numa área totalmente diferente! 

 

Depois, acho engraçado este encontro dos animais na clínica. Cães e gatos de vários tamanhos, cores e raças. Os gatos, apesar de estarem sempre dentro da caixa de transporte, portam-se de forma exemplar, já os cães são mais irrequietos com a presença de outros cães, sejam eles de pequeno ou grande porte! Ladram e rosnam sempre imenso! Mas é da sua natureza.

Mas não são apenas animais de 4 patas que lá vão, da última vez apareceram também pombos.

 

É tão bom ver esta preocupação pelos animais.

 

Se pudesse teria uma quinta com muitos animais. Sou uma pessoa do campo, e não troco essa calmia por cidades barulhentas com grande concentração de pessoas, confusões, stress...

 

 

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D

Mensagens

Mais sobre mim

foto do autor