Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Olhar o Horizonte...

Olhar o Horizonte...

Felicidade


Olhar o Horizonte...

25.08.18

Eu sou feliz com o amor do meu pai, mãe, sobrinho, sobrinha, e com o mau feitio, por vezes, da minha irmã.

Ter conseguido arrendar um pequeno T2 de 55 metros quadrados e comprado o meu "topo de gama" (comprei em segunda mão há 10 anos), tornou-me ainda mais feliz, pois concretizei mais duas coisas que sempre ambicionei: comprar um carro e ter uma casa, tornando-me 100% independente.

O meu Félix, o Ruca (cão dos meus pais), o facto de ir à aldeia que é também a minha casa, são tudo coisas que fazem de mim uma pessoa feliz.

 

Ler, fazer caminhada, ver séries (sou viciada na Anatomia de Grey), ir à praia no inverno quando não está lá ninguém para poder ser só eu e o mar, viajar sozinha, escrever aqui, tudo isto me enche de felicidade.

 

Para sermos felizes não precisamos de comprar uma casa grande, comprar uma carro novo, ter muito dinheiro. A felicidade está em gostar de nós, de aceitar e dar-mos graças por aquilo que temos e conseguimos.

O simples sorriso ou simpatia de alguém desconhecido na rua para mim já é motivo de felicidade.

Os verdadeiros amigos/as também são motivo de felicidade; e lembre-se que vale mais poucos mas bons! Nem que seja apenas 1! Caso não tenha nenhum, sugiro um animal de estimação,mas sou um pouco suspeita para falar disso. Não quer dizer que não tenha amigos/as, mas para quem vive sozinho como eu, acredite, um animal de estimação ajuda muito! Além de que nos são fiéis e preocupam-se connosco.

 

A felicidade está na simplicidade e nas pequenas coisas!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D

Mensagens

Mais sobre mim

foto do autor