Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Olhar o Horizonte...

Olhar o Horizonte...

Fobia a fogo de artifício


Olhar o Horizonte...

15.08.18

Quando era pequena, a minha avó costumava levar-me consigo a outra localidade, onde todos os anos há uma procissão em honra de Nossa Senhora. Durante a procissão há sempre fogo de artifício; é lançado um foguete sempre que passa por um local estratégico. Infelizmente, num desses anos, as coisas correram mal, e os foguetes tiraram a vida a uma pessoa e deixaram outra em estado grave!

Lembro-me da aflição das pessoas, de algumas a abandonarem a procissão, de ouvir dizer que foi por causa de foguetes, e ouvir o som das sirenes...A partir deste dia, nunca mais gostei de fogo de artifício. E curiosamente, atualmente trabalho na localidade onde tudo aconteceu!

Nunca mais consegui ultrapassar o medo dos foguetes, e por isso não gostar do último dia do ano! É um martírio para mim!

Parece uma fobia infantil, que só as crianças têm, mas as fobias surgem por um motivo, e que está ele expresso.

Sei que devemos tentar ultrapassar as nossas fobias, mas nunca o fui capaz de fazer!

Lembro-me que depois do que aconteceu, o simples rebentar de um balão me assustava! Agora continua a ser apenas o fogo de artifício!

 

Quem sabe, talvez um dia...consiga ultrapassar esta fobia...

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D

Mensagens

Mais sobre mim

foto do autor