Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Olhar o Horizonte...

Olhar o Horizonte...

Quando tudo muda...


Olhar o Horizonte...

28.10.18

20181028_105433.jpg

 

A minha prespetiva da vida é agora diferente, os meus objetivos mudaram, as minhas prioridades mudaram...

As incógnitas são muitas, e por isso não quero pensar no futuro; passei a pensar num dia de cada vez; no hoje.

Analisando o meu estado de espírito para trás, verifico que às vezes consigo abstrair-me da minha doença, mas só por alguns momentos, e quase todos os dias acabo por chorar. A nível emocional não estou 100% estável, e vai ser mais complicado quando não tiver cabelo e sobrancelhas, e assim se manterá pelo menos cerca de 7 meses, sem ver o cabelo a crescer.

Numa reportagem disseram que o cancro vai passar a ser encarado como uma doença comum; mas discordo quando se tem cancro da mama, e que independentemente do resultado genético, a mama com o cancro é para tirar! O cabelo e as mamas são duas coisas essenciais numa mulher, em especial em termos estéticos, o que acaba por afectar e muito o psicológico.

A minha vida depois de tudo isto ultrapassado nunca mais irá ser mesma, e isso será outra batalha a nível psicológico que terei de ultrapassar!

Olho lá para fora e já não vejo as coisas da mesma forma; parece que o céu tem uma cor tão intensa; parece que estou num mundo diferente. Dou por mim a olhar para as crianças a brincar, para as mulheres grávidas, e penso que poderei nunca realizar algo que sempre quis: gerar um bebé dentro de mim(ando a fazer tratamento para que o meu organismo produza óvulos para os retirarem e congelar, mas nada é garantido).

E dizem alguns que ter cancro é quase como uma gripe...Varicela...Total disparate!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D

Mensagens

Mais sobre mim

foto do autor