Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Olhar o Horizonte...

Olhar o Horizonte...

Que belo dia de outono


Olhar o Horizonte...

11.11.18

IMG_20181111_103717_719.jpg

20181111_115927.jpg

 

 

Hoje está um dia de outono perfeito para estar em casa, na "ronha", de pijama, deitada no sofá a ver séries.

Gosto de ouvir o som da chuva a cair lá fora, e sentir-me aconchegada e confortável em casa, na companhia dos meus gatos.

O meu Félix, como é habitual, acompanha-me ao computador, sentado no meu colo, a olhar ora para o ecrã do portátil ora para mim. E na altura em que olha para mim, eu olho para ele, e faço-lhe uma festinha. A Luna anda a brincar com os ratos e as bolas no corredor. Ela que hoje fez cair o varão do cortinado, cujo tem de ser arranjado. Mas os tempos de traquinice em demasia estão quase no fim, pois na próxima terça-feira vou marcar a sua esterilização.

 

A chuva continua a cair lá fora, agora um pouco mais intensa, acompanhada com o chilrear dos pássaros. Vivo numa pequena cidade, mas quem por aqui passa vai achar que não está numa cidade, pois é só campo; o que é maravilhoso, e por isso a minha escolha em viver aqui (foi aqui que nasci, onde na altura existia hospital, que entretanto encerrou).

 

Acordei esta manhã bem cedo, pouco passavam das 07:00 horas, com o som da chuva. Depois deixou um pouco de chover, e decidi abrir a janela da cozinha, para deixar o ar entrar; é algo que gosto de fazer mesmo quando faz frio, se bem que hoje não está assim tanto frio quanto isso. Entretanto recomeçou a chover, e por isso tive de a fechar.

 

Estes dias são convidativos não só para a preguiça, mas também para estar em família, em redor da lareira, a retroceder no tempo, e a relembrar anos passados, entre muitas situações engraçadas e boas que nos deixam nostálgicos.

Se tivesse lareira, faria as torradas à moda antiga: cortava uma fatia de pão caseiro, espetava-o num garfo e colocava a fatia de pão junto às brasas para torrar! Hummmm torradas de categoria, não acham. A minha mãe tem uma lareira dessas, e na próxima vez que lá for, vou pedir-lhe para acender essa lareira para eu poder fazer dessas torradas, que serão acompanhadas por um bom do café das borras, que é o único café que gosto.

 

Além de ver televisão, vou aproveitar para ler, e talvez dormir um bocadinho logo mais à tarde, antes de receber a visita dos meus pais.

Irá ser um dia calmo, pois neste momento preciso e necessito deste ambiente.

Vou também passar por aqui mais tempo, já que a disponibilidade, agora, é mais que muita; e vou ter necessidade em cá vir mais vezes, a talvez hoje ainda por cá passe.

 

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D

Mensagens

Mais sobre mim

foto do autor