Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Olhar o Horizonte...

Olhar o Horizonte...

"Sinal de Vida"


Olhar o Horizonte...

12.08.18

20180812_092543.jpg

"Sinal de Vida" é um livro de José Rodrigues do Santos que estou quase a terminar de ler. O escritor e também jornalista é o meu escritor favorito, pois a capacidade que ele tem para escrever livros é fenomenal; melhor que Dan Brown!

Como já referi, ainda não terminei de ler o livro; faltam-me pouco mais de 100 páginas.

A obra fala sobre a NASA, onde a muito conhecida personagem Tomás Noronha embarca numa aventura para o espaço, pois um observatório astronómico captou uma emissão do espaço, que se julga ser dos extraterrestres.

O extraordinário deste livro, é que o autor explica, sucintamente mas ao mesmo tempo pormenorizadamente (pois haveria com certeza mais para dizer), quais os procedimentos e treinos que um astronauta realiza antes de ir para o espaço. Confesso que o mais engraçado até agora foi mesmo a parte como fazem as necessidades fisiológicas no espaço! Fartei-me de rir ao ler, mas não vou aqui revelar como o fazem, pois podem, eventualmente, estar a ler o livro, e o efeito surpresa depois desaparece. A única coisa que posso dizer, é que se o procedimento não for bem feito, as necessidades andam a flutuar, e depois os astronautas têm de ir atrás destas para as apanhar!

 

Admiro este escritor, e também outros, por estas obras extraordinárias, que por detrás possuem um enorme trabalho de investigação, e muitas vezes deslocam-se aos locais para obterem mais conhecimento e pormenores.

 

Eu gosto imenso de ler, e se pudesse compraria imensos livros, mas aproveito, essencialmente, a altura dos saldos ou quando há descontos para o fazer.

Nestes saldos de verão, comprei o livro "A Rapariga do Comboio", de Paula Hawkins, pois já ouvi dizer muito bem do filme, e antes de ver o filme, vou ler o livro, pois os livros são sempre mais pormenorizados.

 

Eu gosto tanto de ler, e olhando para as gerações recentes, este é um hábito quase perdido, pois grande parte dos jovens não o gosta fazer, preferindo estar nas redes sociais, nos jogos de computador...

Eu quando era mais jovem, como os meus pais não tinham possibilidades, eu requesitava livros para ler na biblioteca. 

 

Ficam então aqui, duas seguestões, para as leituras de verão.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D

Mensagens

Mais sobre mim

foto do autor