Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Olhar o Horizonte...

Olhar o Horizonte...

Venezuela em decadência


Olhar o Horizonte...

11.11.18

Venezuela é um país em decadência, e de dia para dia, tudo piora!

A prosperidade que em tempos o país tinha e demonstrava, já não existe.

Acabei de ler há pouco um artigo da edição online da revista “Visão” sobre o estado da Venezuela, cujo título é “Venezuela, um país em morte lenta”.

Aeroporto quase deserto, violência, assaltos, fome, pessoas magras pelas ruas, é o retrato deste país em decadência, liderado por Nicolás Maduro.

O mais incrível é que algumas pessoas ainda acreditam que o problema não é do Governo do país, mas sim dos Estados Unidos da América!

Alguns ainda lembram, com saudade, o antigo líder Hugo Chávez, que governou muitos anos, e que dizem que geriu bem o país, que findou “com a desigualdade entre ricos e pobres”. Ao ler afirmações como esta fico estupefacta! A maioria vive em plena miséria, passa fome, e que se tivessem possibilidade partiriam para outros destinos, como muitos os estão a fazer.

Segundo o artigo da “Visão”, o salário mínimo neste país é de apenas 1 dólar, que equivale a 4 milhões de bolívares! Ora se o dólar vale menos que o Euro, imagine viver com menos 1 euro de ordenado!

Foi em 2016 que a grande crise se despoletou, e até então miséria é sinónimo de Venezuela.

Mais de 2,3 milhões de pessoas deixaram a Venezuela desde 2014, e é mais do que óbvio que muitas mais irão sair, não só para o Brasil mas também para a Colômbia.

Muitos luso-descendentes regressaram, sobretudo para a Madeira. No entanto, alguns preferem ficar do outro lado do atlântico, arriscando a sorte nos países que fazem fronteira com a Venezuela.

Custa-me imenso ver as pessoas neste sofrimento, mas se pensarmos um pouco, em muitos países africanos a miséria continua a perdurar e muitas pessoas além de morrerem, todos os dias à fome, morrem também devido a doenças que por cá são fáceis de solucionar, mas que lá, devido aos muito poucos recursos, é difícil salvar a vida de milhares de pessoas.

Situações como estas, seja em que país for, devem ser denunciadas e nunca esquecidas! E para quando soluções?

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D

Mensagens

Mais sobre mim

foto do autor